Baltashow Notícias

Média de mortes por coronavírus dos últimos sete dias no Brasil é de 1.052

Destaques

Média de mortes por coronavírus dos últimos sete dias no Brasil é de 1.052

Segundo o consórcio de veículos de imprensa, foram registradas 770 mortes nas últimas 24 horas. O total de óbitos por Covid-19 chega a 72.921.

13/07/2020 22h08  Atualizado há uma hora

Média de mortes por coronavírus dos últimos sete dias no Brasil é de 1.052

Média de mortes por coronavírus dos últimos sete dias no Brasil é de 1.052

 

De acordo com o levantamento do consórcio de veículos da imprensa, atualizado às 20h, as mortes de 770 pessoas foram registradas nas últimas 24 horas. O total de óbitos por Covid-19 no país chega a 72.921.

Já o número de novos casos confirmados nas últimas 24 horas é de 21.783, totalizando 1.887.959 brasileiros infectados desde o começo da pandemia - lembrando que às segundas-feiras, o número de registros é menor por causa dos exames e notificações que não foram feitos no fim de semana.

A média móvel - que é feita somando o número de óbitos dos últimos sete dias, dividido por sete - é de 1.052. Ela se mantém num patamar elevado, acima de mil mortes por dia. Já a média considerando os novos casos registrados dia a dia é de 37.413.

A comparação da situação da pandemia no Brasil e nos Estados Unidos é facilitada por alguns fatores: os EUA é um país continental e populoso como o Brasil, além disso, as medidas de proteção contra o coronavírus ficaram a cargo de estados e municípios - não há uma orientação única do governo federal. Enquanto por aqui, a média de novos casos teve uma subida quase constante, os EUA tiveram uma subida rápida do fim de março até o começo de abril, depois uma estabilização - e até uma queda - e, agora em julho, a média começou a subir de novo e já está perto dos 60 mil casos por dia, o que coincide com a retomada das atividades em muitos estados.

Já em relação à média de mortes, no Brasil há uma constante, enquanto nos Estados Unidos, no começo de abril, houve um crescimento em número e ritmo elevadíssimos, passando de mais de 2 mil mortes por dia. De lá pra cá, a média de mortes vinha caindo continuamente, mas agora, em julho, teve uma leve alta.

Por lá, a gravidade da pandemia muda de um estado para outro, assim como acontece aqui. Na Flórida, a média móvel de mortes se manteve praticamente estável e, agora em julho, começou a subir em um ritmo bastante intenso. A situação é completamente diferente da de Nova York, que já foi o epicentro da pandemia. Em abril, a média de mortes por dia passava de mil. De lá para cá, com o lockdown que durou mais de dois meses, a queda no número de mortes é bem acentuada.

Você encontra todas as informações e gráficos na página do G1: g1.com.br/coronavírus

  • ESTADOS UNIDOS

    G1

    ENVIE NOTÍCIAS PARA O EMAIL
    centralbaltashow@gmail.com
    whatsapp Baltashow 63.984688254
     
    A imagem pode conter: Renato Baltashow Colinas, texto

Deixe seu comentário aqui:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da Baltashow Notícias e são de total responsabilidade de seus autores.