Baltashow Notícias

Bolsonaro recebe bancada do PSL, e partido anuncia deputado Waldir como líder na Câmara

Destaques

Bolsonaro recebe bancada do PSL, e partido anuncia deputado Waldir como líder na Câmara

Presidente eleito tem recebido diversos partidos. De acordo com Eduardo Bolsonaro, filho de Bolsonaro, foi pedido aos parlamentares para não declararem voto sobre disputa na Câmara.

 

Bancada do PSL durante reunião com o presidente eleito Jair Bolsonaro — Foto: Rafael Carvalho/Governo de TransiçãoBancada do PSL durante reunião com o presidente eleito Jair Bolsonaro — Foto: Rafael Carvalho/Governo de Transição

Bancada do PSL durante reunião com o presidente eleito Jair Bolsonaro — Foto: Rafael Carvalho/Governo de Transição

O presidente eleito Jair Bolsonaro recebeu nesta quarta-feira (12) a bancada do partido dele, o PSL, na sede do governo de transição, em Brasília.

Desde a semana passada, Bolsonaro tem tido uma série de reuniões com as bancadas de diversos partidos no Congresso Nacional, entre os quais MDB, PSDB, DEM e PP.

De acordo com o filho do presidente eleito, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Bolsonaro pediu no encontro "serenidade" aos colegas de partido e os orientou a não declarar voto na disputa pela presidência da Câmara. A eleição está marcada para fevereiro de 2019.

"O presidente relembrou o tempo de campanha, pediu um pouquinho de serenidade aos candidatos para não declarar votos para a presidência da Câmara ou quaisquer outros cargos. Para eles primeiro sentirem o clima. As negociações, as articulações ainda estão ocorrendo", disse Eduardo Bolsonaro.

 

Novo líder

 

Eduardo também anunciou na entrevista que deixará à liderança do PSL na Câmara. O deputado Delegado Waldir (PSL-GO) será o líder até fevereiro de 2019, quando os novos parlamentares tomarão posse e será feita a escolha do novo líder.

O encontro entre o presidente e os deputados e futuros deputados ocorreu na semana seguinte ao racha externado por uma discussão no grupo de WhatsApp da bancada do PSL. Eduardo Bolsonaro e Joice Hasselmann participaram do bate-boca.

O PSL tem no momento oito deputados federais e elegeu 52 para a próxima legislatura, quando terá a segunda maior bancada da Câmara, atrás somente do PT.

Segundo Eduardo, o presidente eleito “é contra” a criação de grupos no aplicativos de mensagens, pois facilitam o vazamento de conversas.

“O ideal são conversas pessoais ou conversas de WhatsApp um com o outro. Em caso de vazamento, sabe quem é que vazou”, explicou Eduardo.

G1

ENVIE NOTÍCIAS PARA O EMAIL
centralbaltashow@gmail.com
whatsapp Baltashow 63.984688254

Deixe seu comentário aqui:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da Baltashow Notícias e são de total responsabilidade de seus autores.