Baltashow Notícias

Ariana Grande, Killers, Jerry Smith com Safadão, James Blake com Travis Scott: as novidades do G1 Ouviu

Cultura

Ariana Grande, Killers, Jerry Smith com Safadão, James Blake com Travis Scott: as novidades do G1 Ouviu

Programa semanal de lançamentos musicais do G1 mostra e analisa tentativas de hits do verão e cruzamentos de pop e r&b com rap no exterior; ASSISTA e ouça podcast.

 

Ariana Grande, Killers, Jerry Smith + Safadão, James Blake +Travis Scott e Felipe Araújo

 

O G1 Ouviu, programa com novidades musicais da semana, tem candidatas a hits de verão no Brasil e também lançamentos de Ariana Grande, James Blake e The Killers. ASSISTA ACIMA.

 

Jerry Smith e Wesley Safadão - “Quem tem o dom”

 

Jerry Smith é o músico que melhor transita no novo pop brasileiro. Pra quem não sabe ele nasceu na Bahia, se mudou pra SP, estourou na cena funk paulista e hoje tem canções estouradas pelo Brasil todo.

Com sertanejo em Goiás, com bregafunk em Pernambuco, com forro no Ceará, com funk em SP, claro, ele agora volta a Fortaleza com Wesley Safadão.

O programa passado mostrou o perigo do crossover: misturar estilos em uma colcha de retalho, virar um "featenstein". Mas aqui é tudo muito bem feito. Começa um arrocha funk, especialidade do baiano-paulistano, e aos pouquinhos incorpora metais e bateria de forró pop tipo Safadão. Tudo costurado pela voz e o senso rítmico de Jerry .

 

Felipe Araújo e Leo Santana - “Aerocorpo”

 

O Felipe Araújo estourou de vez com “Atrasadinha”, cantada com o Ferrugem. Era um pagonejo… Agora, ele aposta em um pagonejo baiano.

Tem sintetizadores que parecem assobios à la Alok, tem esse R&B melódico meio Akon, tem safona, cavaquinho…

A letra muda um pouco a pegada. "Atrasadinha" cantava um amor comportado, conservador, que toma vinho e só dá beijinho. Aerocorpo é toda sensual, um convite ao prazer: eles cantam “vem aqui pousar no meu aerocorpo”.

 

Ariana Grande - “7 rings”

 

Não há cantora mais sensata e esperta em atividade hoje neste mercado super competitivo. Ariana Grande sempre cantou bem, mas agora ela cada vez mais está indo por esse lado rapper com uma cadência hipnotizante.

Eu nunca pensei que uma tarde de compras e ostentação pudesse render uma canção tão bem resolvida e nada fútil. Ela basicamente diz “Eu vejo, eu gosto, eu quero, eu compro”.

 

 

James Blake - “Mile high”, com Metro Boomin e Travis Scott

 

James Blake começou com um soul eletrônico triste, contemplativo, minimalista. Depois se aproximou do rap e do r&b dos EUA, priduzindo de Beyoncé a Kendrik Lamar.

E ele traz esse som pro seu quarto disco "Assume Form", que sai hoje. Essa música é parceria com o Metro Boomim, produtor de rap, e como marido da Kylie Jenner.

Travis Scott lançou no ano passado "Astroworld", o disco mais louco e legal do rap nos últimos tempos. É uma parceria dos sonhos essa "Mile High": cada um sai um pouco da zona de conforto e James Blake ataca de rapper.

 

The Killers - "Land Of The Free "

 

A música é um exemplo de ótimas intenções, mas produto final muito derivativo, aquém do que Brandon Flowers pode fazer. Ele começou a pensar nela em 2012, depois do massacre na escola Sandy Hook, nos Estados Unidos. E retomou a ideia no ano passado.

Dá para entender a necessidade de uma música assim nestes nossos tempos, e de Brandon ficar mandando e-mail para o Bono pedindo opiniões sobre arranjos, letras… Mas essa adoração pelo U2 é um tanto perigosa para os rumos do Killers.

G1

ENVIE NOTÍCIAS PARA O EMAIL
centralbaltashow@gmail.com
whatsapp Baltashow 63.984688254

Deixe seu comentário aqui:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da Baltashow Notícias e são de total responsabilidade de seus autores.