Baltashow Notícias

AP anuncia instituições que vão receber projeto do MEC para escolas cívico-militares

Destaques

AP anuncia instituições que vão receber projeto do MEC para escolas cívico-militares

Antônio Ferreira Lima Neto e Antônio Munhoz Lopes são as escolas estaduais selecionadas para o programa do Ministério da Educação.

 

Escola Antônio Estadual Antônio Munhoz fica no Conjunto Macapaba, Zona Norte da capital — Foto: Rita Torrinha/G1Escola Antônio Estadual Antônio Munhoz fica no Conjunto Macapaba, Zona Norte da capital — Foto: Rita Torrinha/G1

Escola Antônio Estadual Antônio Munhoz fica no Conjunto Macapaba, Zona Norte da capital — Foto: Rita Torrinha/G1

 

Buscando implantar metodologia de ensino e gestão no Amapá, o Governo Federal escolheu duas escolas estaduais de Macapá para receber a implantação, a partir de 2020, do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim), do Ministério da Educação (MEC) e do Ministério da Defesa.

As escolas selecionadas são Antônio Ferreira Lima Neto, no bairro Parque dos Buritis, e Antônio Munhoz Lopes, no conjunto habitacional Macapaba. Ambas estão situadas na Zona Norte da capital.

Cada escola selecionada receberá R$ 1 milhão para a aplicação do novo modelo, com novas regras e estrutura. As escolas foram escolhidas por estarem em regiões com alta vulnerabilidade social e baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

A Secretaria de Estado da Educação (Seed) informou que foram realizadas consultas em 6 escolas que poderiam estar inseridas nos pré-requisitos, incluindo 2 do município de Mazagão.

Cerca de 54 escolas, de todo o Brasil, integrantes do projeto, terão gestores escolares e coordenadores pedagógicos capacitados pelo MEC em dezembro, quando irão participar de uma apresentação do Pecim e orientados sobre a aplicação do novo modelo.

 
Estudante presta continência para militar em escola pública de Ceilândia, no DF — Foto: Carolina Cruz/G1Estudante presta continência para militar em escola pública de Ceilândia, no DF — Foto: Carolina Cruz/G1

Estudante presta continência para militar em escola pública de Ceilândia, no DF — Foto: Carolina Cruz/G1

 

Pecim

 

O Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares foi lançado pelo Governo Federal em setembro e visa estimular a criação de escolas cívico-militares nos estados e municípios.

O projeto fará com que a União coloque à disposição das gestões estaduais e municipais a estrutura e os profissionais das Forças Armadas, para que contribuam nas funções administrativas e de gestão das escolas.

O MEC afirmou que a meta é construir 216 escolas, no modelo Pecim, espalhadas pelos 26 estados e no Distrito Federal até 2023, visando melhorar a qualidade do ensino em todo país.

 

G1

ENVIE NOTÍCIAS PARA O EMAIL
centralbaltashow@gmail.com
whatsapp Baltashow 63.984688254

Deixe seu comentário aqui:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião da Baltashow Notícias e são de total responsabilidade de seus autores.